Ás vezes eu gostaria de poder agir como todo mundo, mas não posso mudar que eu sou. Já tentei, mas nunca uso roupas certas nem digo as coisas certas, e a maioria das coisas sempre dão errado.
Dezesseis Luas.    (via antipoetico)
Posted 21 Agosto 2014, Há 1 hora | 15.784 notas | reblog this post
(originally versificar / via paradise-useless)
Simplicidade, era disso que se precisava.
Bukowski.  (via thiaramacedo)
Posted 20 Agosto 2014, Há 1 dia | 918 notas | reblog this post
(originally supostos / via paradise-useless)
Posted 20 Agosto 2014, Há 1 dia | 4.601 notas | reblog this post
(originally brazilwonders / via areszen)
E todo o mal que já fiz Infelizmente não era para ninguém além de mim.
Ed Sheeran.   (via diario-empoeirado)
Posted 18 Agosto 2014, Há 2 dias | 6.906 notas | reblog this post
(originally motoshima / via paradise-useless)
Eu me sentia cansado, no corpo e na mente.
Charles Bukowski.  (via thiaramacedo)
Posted 18 Agosto 2014, Há 3 dias | 4.285 notas | reblog this post
(originally menosprezad4 / via paradise-useless)
Posted 14 Agosto 2014, Há 6 dias | 11.645 notas | reblog this post
(originally labella-instagram / via aloh4surf)
Posted 14 Agosto 2014, Há 6 dias | 12.354 notas | reblog this post
(originally osmelhoressecrets / via pre-tinn)
Posted 12 Agosto 2014, Há 1 semana | 11.543 notas | reblog this post
(originally in-decisoes / via pre-tinn)
Não podemos esperar nada de um domingo, princípio para uma expectativa não desperdiçada, mas esse, ah! Esse foi de contra-mão. Mergulhado no tédio e conformado com mais um fim de semana pacato, você me surge. Não sei se foi quando entrou pela porta ou quando sorriu ao me cumprimentar, talvez tenho sido o cheiro do seu cabelo, não sei escolher, só sei que você trouxe ar para um náufrago prestes a morrer afogado. Tão parecida comigo, tão tímida, mas tão diferente ao mesmo tempo. Me fazia rir, querer falar, querer te ouvir, querer te olhar, conseguiu me fazer falar. Troca de olhares, constrangimento a flor da pele, o toque na mão sem querer, ou não, o desviar do olhar, o batimento acelerado, quando o silêncio reinava a respiração ofegante dava a trilha do momento. Já sabia o roteiro, cada um pro seu canto, mas até ai você me surpreendeu e fez diferente, eu que sempre com medo de dar o primeiro passo, me deixou à vontade, aquele olhar como quem pedisse um beijo, beijei! Os segundos passavam devagar, sua mão corria pelos fios do meu cabelo, por um momento deixei meus temores e medos lá fora, te segurava como alguém não quer deixar o outro ir embora e não queria, aquilo que poderia ser o fim, não foi, te pedi pra ficar um pouco mais e pra minha surpresa, você ficou.
Posted 11 Agosto 2014, Há 1 semana | reblog this post

bfontes:

Adoro as segundas-feiras, os começos de ano e os dias primeiros. Parecem ser sempre uma nova chance, uma nova oportunidade de eu fingir que vou mudar. Que seja uma nova dieta ou um novo amor. Para os dois sempre vão existir uma nova segunda-feira.

Posted 10 Agosto 2014, Há 1 semana | 105 notas | reblog this post
(originally bfontes / via bfontes)